Sobre iscas formicidas

Controle de formigas cortadeiras

As iscas formicidas granuladas representam o principal método de controle de formigas. São formuladas na forma de pellets, através de uma mistura de atrativos (normalmente polpa de laranja e óleo vegetal) e um princípio ativo (inseticida). Também são de eficiência superior, apresentando grande vantagem em relação aos outros métodos.


As Iscas Formicidas MIREX-S, por exemplo, apresentam baixo custo, alto rendimento e reduzida periculosidade ao homem e ao ambiente. Sua formação é desenvolvida com baixíssima concentração de princípio ativo e, por ser aplicado de forma localizada, dispensa o uso de equipamentos de aplicação.


Aliás, o inseticida ideal para a formulação em isca formicida, deve ser letal em baixa concentração, agir por ingestão e ter ação retardada. Além disso, deve ser inodoro e não repelente, de modo a ser disperso por trofalaxia e grooming para a maioria das operárias da colônia. Exatamente como age a exclusiva Sulfluramida com o padrão de qualidade Atta-Kill


Agora, acompanhe passo a passo o funcionamento do eficaz sistema MIREX-S de controle das formigas cortadeiras, que está resumido de forma esquemática, na figura abaixo. Na sequência, veja como uma isca formicida funciona dentro do formigueiro, seus resultados e práticas para melhor aplicação.



A Contaminação


Quando transportam as iscas para a colônia, as formigas “lambem” os pellets e ingerem partículas com o inseticida, ocasionando assim a intoxicação por ingestão. Depois de hidratados, os pellets se fragmentam, possibilitando às operárias incorporarem esses pequenos pedaços da isca ao jardim de fungo alimentar do formigueiro, contaminando toda a fonte de alimento da colônia.


Ao carregarem as Iscas Formicidas MIREX-S para o interior do formigueiro, cerca de 50 a 70% das operárias da colônia ficam contaminadas, em um período de 24 horas. Essa contaminação se dá por ingestão direta por grooming (limpeza) ou por trofalaxia. Na trofalaxia as formigas trocam inúmeras substâncias entre si, como secreções enzimáticas, alimento, substâncias glandulares, etc. Assim, uma formiga pode armazenar o inseticida ingerido no papo e posteriormente regurgitá-lo para outras operárias, produzindo uma reação em cadeia.



Manejo de formigas cortadeiras em reflorestamento